Se a vida te der um limão, faça limonadas! Mas como?

Se a vida te der um limão, faça limonadas! Mas como?

Você precisa tomar uma atitude na sua vida. Mas como? Seguir aquele famoso ditado “se a vida te der limões, faça uma limonada” é uma ótima forma de começar!

Se a vida te der algo, agarre!

Um dos livros que mais me oferece transformação, uma leitura tranquila e gostosa, é “Desperte seu gigante interior”, de Anthony Robbins. Ele é um pouco grande, mas vale a pena se você quer mudar de vida.

Este trecho, por exemplo, fala muito sobre se a vida ter der algo, agarre!

“Uma das decisões mais importantes que você pode tomar para assegurar sua felicidade a longo prazo é decidir aproveitar o que quer que a vida lhe dê no momento. A verdade é que não há nada que não possa realizar, se: 1) decide com clareza o que está absolutamente empenhado em alcançar; 2) está disposto a empreender uma ação maciça; 3) observa o que está dando certo e o que não está; e 4) continua a mudar o enfoque até conseguir o que quer, aproveitando o que a vida lhe der ao longo do caminho”.

Mas se a vida te der limões…

Se a vida te der limões, faça uma limonada! Às vezes, nós passamos por desafios e momentos que precisamos lidar. E somente você pode escolher como reagir a isso, como isso vai influenciar sua vida.

Você precisa escolher manter o bom humor, ver e buscar o lado bom dentro das pessoas. É necessário entender que elas sempre têm uma intenção positiva, por mais que aquilo não seja algo que não gostamos, que nos irrite. O que a pessoa fala ou faz é carregada de uma intenção positiva.

Saber disso mostra que, muitas vezes, as pessoas não fazem algo porque querem nos irritar. Mas, sim, por acharem que aquilo será bom para algo. E vendo isso, sentimos mais facilidade de tentativa e de se manter bem com elas. E se a vida te der a chance de entender isso, tente entender!

Isso acontece muito nas famílias. É nesse meio que temos contato com todos os tipos de situações. Nem todas nós queremos lidar. Mas é o que temos e é o que as pessoas são.

Cada ser humano vai para um caminho. E se a vida te der chance de conhecer esse caminho para entender melhor o outro, conheça. Cada pessoa tem sua perspectiva, seu jeito de ver a vida, que nem sempre se parecem com sua forma de enxergar isso. Vocês podem ter muitas coisas em comum e outras nada a ver. E tudo bem!

Você vai precisar deixar de falar algo que gostaria? Sim. Se a vida te der a chance de avaliar o que você externa, tente. Até porque não compensa, às vezes. Quando você quer falar algo, pergunte a si mesmo: isso vai criar uma transformação, uma diferença? Ou vai criar um desentendimento, uma briga?

Se você tem certeza do que você quer, não precisa se justificar para o outro. Porque nem sempre ele vai entender isso. Ele não tem a mesma vivência, o mesmo caminho que você. E tudo bem de novo.

Você não é obrigado a se explicar para alguém. Se você precisa que os outros te deem aprovação daquilo que você quer, então há algo errado. Só você precisa ter certeza do que deseja para sua vida. Se você buscar aprovação apenas dos outros, não vai encontrar sua própria aprovação.

About The Author

Elaine Maria

Elaine Maria é Especialista em Prosperidade Sustentável, Coach e Educadora Financeira. Ajuda você a (re) organizar sua vida e suas finanças e ter dinheiro para fazer o que quiser.